SEGURANÇA PÚBLICA COM CIDADANIA

BLOG CRIADO PARA DIVULGAR A ATUAÇÃO DAS FORÇAS DE SEGURANÇA PÚBLICA QUE 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA, DEFENDEM E PROTEGEM A SOCIEDADE E O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO.
ALÉM DE INFORMAR SOBRE OUTROS TEMAS, REPORTAGENS, ARTIGOS E VÍDEOS LIGADOS A SEGURANÇA, OPERAÇÕES, TÁTICAS E ARMAS DE FOGO.

sábado, 1 de agosto de 2015

PF PRENDE SUSPEITOS DE CRIMES VIOLENTOS EM PERNAMBUCO





Polícia Federal prende em Jaboatão dos Guararapes/PE, região metropolitana do Recife, dois homens de alta periculosidade e de vastas fichas criminais, suspeitos de vários atos de violência contra civis, policiais militares e policiais rodoviários federais.

Os presos fazem parte de uma quadrilha responsável pela morte do motorista de uma van da OAB que conduzia advogados na BR-232, no município de Pombos/PE, além da tentativa de homicídio a um Policial Rodoviário Federal, assaltos a ônibus e a um assalto que resultou em um ex-vereador de Vitoria de Santo Antão/PE baleado.

Os suspeitos foram autuados por roubo qualificado com concurso de pessoas, usando de grave violência com emprego de arma de fogo, além de porte ilegal de arma e falsificação de documento público.

fonte: DPF

Com facas, armas e munições, médico é detido em Pres. Prudente

Após denúncias, DIG abordou suspeito na tarde desta terça-feira (28).
Suspeito não apresentou qualquer documentação de porte ou registro.

Do G1 Presidente Prudente
Quatro armas de fogo e 17 facas, além de munições, foram apreendidas 
(Foto: Polícia Civil - Delegacia de Investigações Gerais (DIG) / Cedida)

A Polícia Civil de Presidente Prudente, por meio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), deteve um médico de 41 anos por posse e porte ilegal de armas de fogo, bem como munições de diversos calibres, na tarde desta terça-feira (28). Quatro armas e 17 facas foram apreendidas durante a operação polícia.

Médico já havia sido condenado pelo mesmo crime
(Foto: Polícia Civil - Delegacia de Investigações Gerais (DIG) / Cedida)

Conforme informado pela unidade especializada, os policiais receberam uma denúncia de que um médico portava arma de fogo municiada, além de ter outras escondidas, sem qualquer documentação ou autorização legal. A DIG, então, identificou o suspeito e os locais pelos quais transitava.

No final da tarde desta terça-feira, o médico transitava pelo Jardim Everest em um veículo e foi abordado pelos policiais civis. Em uma busca inicial, foi localizado um revólver calibre 38 municiado e pronto para uso, conforme a unidade. O suspeito não apresentou documento de porte ou registro.

Os policias também se deslocaram para a residência do indivíduo, onde apreenderam três armas – sendo elas do tipo carabina, garrucha e rifle – em estado regular para uso, além de uma grande quantidade de munições de calibres variados, também sem documentação. Ainda no imóvel, foram encontradas e apreendidas 17 facas “de lâmina com alto poder de letalidade”.

Ainda de acordo com a DIG, no ano passado, o suspeito já foi condenado pelo mesmo crime. Após a nova apreensão, ele será encaminhado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Caiuá, onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: g1.globo.com

Nove armas são apreendidas durante operação da PC em Vila Velha/ES


Armamento de grosso calibre foi apreendido em apartamento de alto padrão 
(Foto: Katilaine Chagas/ A Gazeta)

Policiais civis da Delegacia de Crimes Contra a Vida (DCCV) de Vila Velha apreenderam, nesta sexta-feira (31), nove armas durante uma operação no município. Entre elas havia dois fuzis calibre 5.56mm, armas iguais as que são utilizadas pelo exército norte-americano e que custam cerca de R$ 40 mil. As armas foram encontradas no apartamento de alto padrão de uma mulher identificada como I.G.B., 28 anos, localizado em Itapoã. 

Além dos fuzis, durante a ação também foram apreendidas duas pistolas .40, duas pistolas 9mm, uma pistola calibre 380, uma pistola .45, um revólver 38, 361 cartuchos de diversos calibres e munição para fuzil. De acordo com o responsável pela operação, delegado Ricardo de Almeida, as armas eram utilizadas por traficantes de drogas da região.

O delegado ainda informou que I.G.B. foi presa por policiais militares nessa quinta-feira (30). Ela estava foragida da Justiça e é apontada como uma das principais líderes do tráfico de drogas dos bairros Itacibá, Nova Brasília e Oriente, em Cariacica. “Ela possuía um mandado de prisão em aberto por tráfico e associação para o tráfico de drogas”, contou o delegado.

Ricardo de Almeida ainda disse que após a prisão da suspeita, os policiais começaram a receber denúncias informando que no apartamento de I.G.B. havia muitas armas. “A partir das denúncias da população conseguimos realizar a apreensão dessas armas”, ressaltou o delegado.

Além de responder pelo crime de tráfico de drogas, I.G.B. também vai responder por porte de armas. Ela foi conduzida ao Centro de Triagem de Viana (CTV), onde permanece à disposição da Justiça.

Assessoria de Comunicação Polícia Civil 
Comunicação Interna - (27) 3137-9024

Duzentos policiais civis e militares deflagram operação no bairro Monte Cristo, em Florianópolis

Florianópolis – Em continuidade à Operação Ordem e Progresso, ​foi deflagrada, nesta quinta-feira, 30, uma operação conjunta entre a Polícia Civil e Militar, no bairro Monte Cristo, nas comunidades Chico Mendes e Novo Horizonte, em função dos constantes conflitos nessa área. Cerca de 200 policiais, entre civis e militares, cumpriram 40 mandados de busca e apreensão, com o objetivo de averiguar suspeitos, de encontrar drogas, armas e outros objetos de origem ilícita, além de documentos com conteúdo criminoso.

A operação visa, além da apreensão deste material, identificar residências e pessoas investigadas, e mapear o local em virtude de mudanças urbanas realizadas pelos próprios criminosos. Entre estas mudanças, podem ser citadas a retirada de lajotas para fazer barricadas, que além de tentar impedir o acesso dos policiais, atinge outros órgãos públicos, e, principalmente, a própria população. Também, as mudanças em espaços físicos – aglutinando-os ou separando-os, fazendo várias quitinetes – para esconder entorpecente e para trocar os pontos de tráfico. 

A operação foi coordenada pelo Delegado João Fleury, da Divisão de Combate ao Narcotráfico (DENARC) da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC); e pelo Tenente Coronel PM Marcos Barreto Valença, comandante do 22° Batalhão da Polícia Militar, em Florianópolis.

Balanço
Nove pessoas foram presas em flagrante e repsonderão pelos crimes de tráfico de drogas, posse irregular de arma ou munições. Também foram apreendidos: 3 Kg de maconha, cerca de 200 epquenos torrões de maconha proto para a venda, duas pistolas calibre 9mm, uma pistola caliber .380. 120 munições calibres 9mm e .380, duas balanças de precisão, um carregador especial para 30 munições, 22 munições calibre .22 e a réplica de uma metralhadora. 

"A sociedade catarinense não pdoe sofrer as consequências desta guerra que está sendo travada pelas associações criminosas que disputam pontos de vendas de drogas. A investigação visa idnetificar e angariar indícios suficientes de autoria e materialidade para que os autores dos delitos sejam devidamente processados e julgados", destacou o delegado Fleury.

A primeira fase da Operação Ordem e Progresso, realizada em 30 de maio deste ano, resultou em 11 pessoas detidas, a apreensão de três armas de fogo (dois revólveres calibre .38 e uma pistola calibre .765), cerca de 70 munições, 1,5Kg de maconha, 200 gramas de cocaína, 150 pedras de crack. Os policiais também recuperaram um colete balístico da Polícia Civil do Paraná, dois binóculos, dois rádios comunicadores e dois celulares. 

A primeira fase da Operação Ordem e Progresso, realizada em 30 de maio deste ano, resultou em 11 pessoas detidas, na apreensão de três armas de fogo (dois revólveres calibre .38 e uma pistola calibre .765), em cerca de 70 munições, 1,5Kg de maconha, 200 gramas de cocaína e 150 pedras de crack. Os policiais também recuperaram um colete balístico da Polícia Civil do Paraná, dois binóculos, dois rádios comunicadores e dois celulares. 

A ação das polícias, após esta primeira intervenção, possibilitou a reestruturação das ruas, de forma que os órgãos públicos pudessem chegar até os locais para atender as demandas da sociedade. 

Por parte da Polícia Civil participam todas as Divisões da DEIC, a Central de Investigações do Norte da Ilha (CINI), a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de São José, a Delegacia de Tijucas, a Delegacia de Porto Belo, a Delegacia de Bombinhas, o Serviço Aeropolicia (SAER), Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), 1.ª Delegacia de São José, 3.ª Delegacia da Capital, alémd a Diretoria de Inteligência da SSP. Por parte da Polícia Militar participam o 22° BPM de Florianópolis, Canil, Choque e Batalhão de Aviação.

Fonte: PC/SC

41º BPM/RJ detém dois suspeitos com arma e mais de 400 munições



Policiais Militares do 41º BPM (Irajá) realizaram patrulhamento nesta tarde (30/07) no Parque Columbia -Pavuna e detiveram após tentativa de fuga, dois suspeitos. Com os homens estavam uma pistola calibre 9 mm com seis munições e uma mochila contendo 413 munições de calibre 762. A ocorrência foi conduzida à 39º DP (Pavuna).

fonte: PMERJ

Guarda reage a tentativa de assalto e suspeito é baleado em Hortolândia


Ação aconteceu na noite de sexta-feira (31), no bairro residencial João Luiz. Criminoso foi socorrido em estado grave para o Hospital Estadual de Sumaré.

Do G1 Campinas e Região
Um guarda municipal que estava de folga na noite de sexta-feira (31), reagiu a uma tentativa de assalto e baleou um dos suspeitos em Hortolândia (SP). Segundo a Guarda Municipal, o guarda estava com a esposa na Rua Belo Horizonte do bairro residencial João Luiz quando foi vítima de uma tentativa de assalto.

Os dois suspeitos chegaram em uma moto e anunciaram o assalto quando o GM reagiu e atirou. Um dos disparos acertou um dos criminosos, que foi socorrido em estado grave pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Estadual de Sumaré (SP).

O outro suspeito abandonou a moto no local e conseguiu fugir a pé. Até às 8h deste sábado (1º), o plantão policial do município não soube informar se o segundo criminoso já foi encontrado. O caso foi apresentado na delegacia da cidade.

fonte: G1 Campinas

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Tentativa de assalto a guarda tem um ferido e dois presos em Campinas

Guarda municipal foi abordado ao entrar em sua casa no bairro Flamboyant.
Quatro assaltantes participaram da ação, um deles está foragido.

Do G1 Campinas e Região

ilustração do blog 

Dois criminosos foram presos na madrugada desta sexta-feira (31) após uma tentativa de assalto a um guarda municipal na noite de quinta-feira (30), no bairro Flamboyant em Campinas (SP). De acordo com a Guarda Municipal, quatro assaltantes participaram da abordagem. Um suspeito foi ferido e está internado em um hospital de Vinhedo (SP). O quarto integrante da quadrilha está foragido.

O guarda municipal chegava em casa quando foi abordado pelos criminosos. Ainda de acordo com a Guarda Municipal, o agente de segurança municipal reagiu e atirou contra os assaltantes, que fugiram.

fonte: G1 Campinas

quinta-feira, 30 de julho de 2015

PC/SP: Operação policial em Cubatão apreende armas, munições e explosivos

A Polícia Civil apreendeu em Cubatão uma grande quantidade de armas, além de munições e bananas de dinamite, na manhã desta quinta-feira (30). Uma mulher foi presa durante a operação. Polícia apreendeu armas e munição com mulher (Foto: Arquivo Pessoal)
Os trabalhos se concentram na Vila dos Pescadores desde às 6 horas. Os policiais civis cumprem mandados de prisão, busca e apreensão. 

Em um barraco, policiais encontraram três fuzis, explosivos e munição. No endereço também havia diversas máscaras, do tipo das que costumam ser usadas por marginais para esconder o rosto.

Uma mulher que estava na casa foi levada para a delegacia e não se sabe se ela tem ligação com alguma quadrilha que ataca caixas eletrônicos na Baixada Santista.

Armas e munições foram apreendidas em barraco na Vila dos Pescadores

Assalto em Guarujá
Na quarta-feira (29), uma quadrilha invadiu o Shopping Jequitimar, na Praia de Pernambuco, em Guarujá, e explodiu seis caixas eletrônicos. Logo após o crime, duas pessoas foram presas, porém a suspeita é que o bando tenham pelo menos 14 integrantes.

Além da destruição nos equipamentos bancários, os marginais posicionaram um ônibus no meio da Estrada do Pernambuco, na altura do morro do Biu, e atearam fogo. Simultaneamente, um caminhão furtado foi estacionado pelo grupo na Estrada Guaruujá/Bertioga. A intenção era criar bloqueios para impedir a chegada da Polícia Militar.

fonte: http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/policia/operacao-policial-em-cubatao-apreende-armas-municoes-e-explosivos/?cHash=b19e1efd7f56c7044c7d2e8fcebd4ca6

Dupla suspeita de explodir caixa é presa com armamento pesado

Metralhadoras, armas e explosivos foram encontrados em chácara.
Criminosos explodiram equipamento dentro de ambulatório de Itatiba (SP).

Do G1 Sorocaba e Jundiaí
Com a dupla, a polícia encontrou três fuzis, uma metralhadora e vários munições (Foto: Divulgação BAEP)



Policiais do Batalhão de Ações Especiais de Campinas (SP) localizaram no início da tarde desta quinta-feira (30) armas, munições e celulares, em uma chácara de Itatiba (SP). Dois homens foram presos e, de acordo com as investigações da polícia, eles são suspeitos de participar de um ataque ao caixa eletrônico de um ambulatório médico da cidade.

Ainda segundo a polícia, os policiais chegaram na chácara, no bairro das Vivendas, no Engenho d’Água depois de uma denúncia anônima. Os suspeitos foram apreendidos com três fuzis, uma metralhadora, munições, explosivos, além de celulares e dinheiro. O material e os dois homens presos foram encaminhados à delegacia de Itatiba e permaneceram à disposição da Justiça. 

Atendimento interrompido

Em nota, a prefeitura informou que o atendimento do ambulatório foi parcialmente interrompido. Algumas consultas precisaram ser reagendadas para outra data. O atendimento na farmácia de medicamentos de alto custo foi paralisado e será retomado ainda nesta quinta-feira.

De acordo com a Polícia Militar, três homens quebraram a porta de vidro da recepção, onde os pacientes aguardam atendimento, para entrar na unidade e explodir as máquinas. O ambulatório estava fechado no momento do ataque, que ocorreu às 5h. A quantia de dinheiro levada pelos criminosos não foi divulgada.

A Defesa Civil também compareceu ao ambulatório para avaliar os estragos, já que o forro do prédio ficou danificado. A entrada dos funcionários no ambulatório só foi permitida após a conclusão das vistorias. O agendamento para novas consultas também está parado por conta de prejuízos no sistema elétrico e volta ao normal nesta sexta-feira. Um boletim de ocorrência foi elaborado para a abertura de um inquérito policial.
Uma grande quantidade de explosivos prontos para o uso também foram encontrados na chácara
(Foto: Divulgação BAEP)

Fonte: G1 Campinas

Mulher suspeita de chefiar tráfico na região central de Campinas é presa pela GM

Guarda deteve a suspeita durante patrulhamento próximo ao Terminal Central.
Na residência dela foram encontrados R$ 11,7 mil em dinheiro e drogas.

Do G1 Campinas e Região
Na residência da suspeita foram encontradas 400g de droga 
(Foto: Divulgação/ Guarda Municipal Campinas)

Uma mulher suspeita de ser uma das principais traficantes da área do Terminal Central, foi presa em flagrante por tráfico na noite desta quarta-feira (29) pela Guarda Municipal de Campinas (SP). De acordo com a corporação, na residência dela foram encontrados R$ 11,7 mil em dinheiro, drogas, além de celulares e computadores.

A prisão foi feita após um patrulhamento na região. A Guarda informou que uma equipe se deparou com um carro transitando em baixa velocidade próximo a um bar conhecido como ponto de tráfico. Após uma ordem de parada, o veículo fugiu e foi interceptado pela viatura na Vila Industrial.

No carro da mulher, de 51 anos, foram encontradas 21 porções de cocaína embaixo do assoalho e R$ 126 em dinheiro em cima do banco, informou a Guarda Municipal.
Guarda Municipal apreendeu celulares e notebooks
(Foto: Divulgação/ Guarda Municipal Campinas)

Após a abordagem, os guardas foram à casa da suspeita, localizada no bairro Cambuí, e encontraram R$ 11,7 mil em dinheiro dentro de uma mochila, 400 gramas de cocaína e crack e 250 embalagens vazias, usadas para armazenar drogas. Na casa ainda havia 57 maços de cigarro, três máquinas fotográficas, dois notebooks, dois viodeogames e 16 celulares.

Segundo a Guarda Municipal, a suspeita possui passagens por estelionato, receptação, furto e era considerada foragida da Justiça por lesão corporal. A mulher foi encaminhado ao 4º Distrito Policial.

Fonte: G1 Campinas