segurança

BLOG CRIADO PARA DIVULGAR A ATUAÇÃO DOS ÓRGÃOS DE SEGURANÇA PÚBLICA DO BRASIL, QUE 24 HORAS POR DIA, 7 DIAS POR SEMANA, ATUAM NA DEFESA E NA PROTEÇÃO DA SOCIEDADE.

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

SP oferece R$ 30 mil por informação sobre quadrilha que matou um cabo da PM



ilustração: google imagens

A Secretaria da Segurança Pública (SSP) está oferecendo recompensa de R$ 30 mil para quem ajudar com informações que levem à identificação e à prisão do autor – ou autores – do homicídio do cabo Alaor Branco Junior, morto na quinta-feira (30) durante um assalto a um carro forte na Rodovia Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP-340), na região de Aguaí.

Esta é a maior recompensa já oferecida pelo Programa de Recompensa, que foi lançado em maio. As denúncias devem ser feitas apenas pelo site do WebDenúncia

O sigilo é absoluto.

Pode receber a recompensa o denunciante que encaminhar informações que contribuam de maneira relevante para que a polícia esclareça o crime. Ou seja, quem fornecer dados que resultem na identificação do autor ou na localização e prisão dele.

A portaria sobre o assunto será publicada no Diário Oficial do Estado na terça-feira (4), mas a medida já é válida a partir de hoje (31).

Como denunciar

O interessado em denunciar precisa acessar o WebDenúncia e seguir as instruções. Não há a necessidade de realizar cadastro e/ou identificação pessoal. Esse procedimento foi elaborado para proteger o anonimato do denunciante. Ao final do processo, a pessoa recebe um número de protocolo e uma senha para acompanhar anonimamente o andamento da denúncia. É um processo semelhante a uma compra feita online.
Concluída a denúncia, a pessoa passa a ter acesso no site a uma seção para acompanhar o andamento do resultado das informações fornecidas e checar se receberá a recompensa. 

Para receber a recompensa, o site fornecerá, no seção de acompanhamento, um número de cartão bancário virtual com o qual poderá fazer o resgate total ou em parcelas do valor em qualquer caixa eletrônico do Banco do Brasil, sem a necessidade de que ele se identifique. 

O WebDenúncia conta com dupla criptografia de dados para a proteção do sistema. Os recursos para o Programa de Recompensa são do Fundo de Incentivo à Segurança Pública (Fisp), que é administrado pela Secretaria da Segurança. A verba é liberada ao fundo para o pagamento da recompensa.

Investigação

As informações do denunciante são repassadas aos policiais civis e militares que atuam no WebDenúncia – parceria entre a Secretaria da Segurança Pública (SSP) e o Instituto São Paulo Contra a Violência (ISPCV) -, que encaminham as informações às equipes responsáveis pelas investigações.

A importância de informações para o Programa Estadual de Recompensa é analisada de acordo com cada caso denunciado. A decisão final sobre o pagamento da recompensa fica a cargo do secretário da Segurança Pública.

fonte: Assessoria de Imprensa e Comunicação da Secretaria da Segurança Pública

Quarteto é preso por esconder 99 kg de maconha em carro

Foram encontrados 135 tabletes de maconha em fundos falsos do veículo

A Polícia Militar Rodoviária prendeu quatros homens que transportavam 135 tabletes de maconha em um carro furtado, na manhã de quarta-feira (29), na Rodovia Raposo Tavares, em Assis – a 434 quilômetros da Capital.

Policiais do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), da 3ª Companhia do 2º Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv), encontraram os entorpecentes em fundos falsos no carro que os suspeitos usavam, um Honda Civic cinza.

No km 441 da rodovia, os PMs deram sinal de parada ao quarteto, porém o motorista fugiu. A equipe acompanhou os suspeitos, até que eles perderam o controle do carro e pararam.

Dois dos homens fugiram em direção a uma área rural, porém foram localizados e detidos com apoio dos policiais militares da região. Os outros dois foram abordados e presos no local.

Segundo os policiais, o motorista disse que saiu de Ponta Porã (MS) para entregar as drogas na cidade de Volta Redonda (RJ). Os tabletes de maconha foram localizados em fundos falsos no banco traseiro e portas do Civic.

Durante pesquisas sobre os números do chassi e motor do automóvel, foi verificado que o carro era dublê. O veículo havia sido furtado na cidade do Rio de Janeiro. Os 99,967 quilos do entorpecente foram encaminhados à perícia.

Yuri Domingues, com informações da Polícia Militar

fonte: SSP/SP

PF prende homem que transportava armas para Cabo Frio



foto: http://odia.ig.com.br/

Rio de Janeiro/RJ – A Polícia Federal, em ação conjunta com o GAECO (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), prendeu hoje (30) um carioca levando grande quantidade de armas, munições, droga e dinheiro para a região dos Lagos, Rio de Janeiro.Todo o material seria levado a traficantes que atuam em São Pedro D’Aldeia e Cabo Frio.
A abordagem ocorreu após recebimento de informações de que um homem transportaria em seu veículo armas e munições para Região dos Lagos. Policiais federais organizaram barreira policial na Via Lagos em Rio Bonito , com apoio da Polícia Militar.
Foram apreendidos 8 pistolas calibre 9 milímetros, todas equipadas com kit rajada,  1.000  munições do mesmo calibre, outras 600 munições de fuzil 556 cerca de R$ 80 mil reais em dinheiro além de meio quilo de cocaína.
O homem foi preso e autuado por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e munições e enviado ao sistema prisional do Estado.
fonte: Setor de Comunicação Social da Polícia Federal no Rio de Janeiro

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Armed Forces Combat Shooting - Lest 2014 - GUNMAGAZIN

Policial militar é baleado e morre após ataques a carros-fortes em Aguaí, SP

Ação aconteceu no km 200 da rodovia SP-340 nesta quinta-feira (30).
Outras duas pessoas ficaram feridas na ação, de acordo com a PM.
Do G1 São Carlos e Araraquara

Carro-forte foi alvo de quadrilha entre Aguaí e Casa Branca na SP-340 (Foto: Polícia Militar/Divulgação)

Um policial militar foi baleado na cabeça e morreu durante um tiroteio após um ataque a carros-fortes entre Aguaí e Casa Branca (SP), na manhã desta quinta-feira (30). A ação aconteceu no km 200 da Rodovia Doutor Adhemar Pereira de Barros (SP-340). Outras duas pessoas ficaram feridas. O dinheiro carregado pelos veículos não foi levado.

O polícial foi atingido durante uma perseguição à quadrilha, que tinha tentado assaltar os veículos blindados que seguiam para Poços de Caldas (MG). Segundo a Polícia Rodoviária, pelo menos 12 suspeitos, em quatro carros, partiparam da ação.

Uma parte do grupo abordou um dos carros-fortes próximo ao trevo que de acesso a São João da Boa Vista. Armada com fuzis e dinamites, a quadrilha não conseguiu explodir o veículo, mas o motorista da empresa de valores foi atingido nas costas e levado para o Pronto-Socorro de São João.

Troca de tiros

Quando percebeu o assalto, o motorista do carro-forte que seguia atrás voltou na contramão, mas foi seguido por um dos carros da quadrilha. Na fuga, a quadrilha ateou fogo em um carro para distrair a polícia. Próximo à base da Polícia Rodoviária, houve troca de tiros entre policiais, seguranças da empresa e os suspeitos.

Os criminosos deram pelo menos oito tiros na base da Polícia Rodoviária e um policial foi atingido por estilhaços de vidro. Uma viatura da Polícia Militar de Aguaí chegou e houve troca de tiros. O cabo Alaor Branco foi baleado na cabeça e morreu.

A quadrilha fugiu sem levar o dinheiro. O Helicóptero Água da Polícia Militar auxilia nas buscas. Um carro usado na ação foi abandonado na Rodovia Deputado Ciro Albuquerque (SP-225), que liga Aguaí a Pirassununga. O veículo tinha várias municões de fuzil.

O Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) de São Paulo está em Aguaí para recolher e detonar os três dinamites que seriam usados pelo quadrilha para explodir os carros-fortes.
Ação contra carros-fortes aconteceu na SP-340 em Aguaí 
(Foto: Agalmo Moro Filho/Correio de Aguaí)

fonte: g1.globo.com

Homem é preso pela PRF na BR-277 com armas e munição de uso restrito

Prisão foi em Santa Terezinha de Itaipu, no PR, durante uma operação.
Com ele os policiais encontraram sete pistolas, cinco revolveres e munição.


Do G1 PR

Armas e munição estavam dentro do para-choque do veículo (Foto: PRF/ Digulgação)

Um homem de 47 anos foi preso na tarde desta quarta-feira (29), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), transportando armas e munição de uso restrito. A PRF parou o veículo que ele diriga na BR-277, em Santa Terezinha de Itaipu, no oeste do Paraná, durante a Operação Otefron.

Os policiais encontraram escondidas no para-choque traseiro do veículo sete pistolas nove milímetros de origem turca, cinco revolveres calibre 38 de fabricação argentina e 50 munições.

O condutor disse aos policiais que levaria o armamento até Porto Alegre (RS), mas não informou onde pegou, se foi em Foz do Iguaçu ou no Paraguai. Ele foi levado para a delegacia da Polícia Federal de Foz do Iguaçu, no oeste, junto com o carro e as armas. De acordo com a PRF, o homem vai responder por tráfico de armas.

fonte: g1.globo.com

Homem e adolescente são pegos com arma em bairro nobre de Vitória

Pistola estava escondida sob o banco de um veículo, segundo a polícia.
Apreensão ocorreu durante um patrulhamento preventivo.Dinheiro e dois celulares também foram apreendidos
Dinheiro e dois celulares também foram apreendidos (Foto: Divulgação/ PMES)
(Foto: Divulgação/ PMES)

Um patrulhamento preventivo realizado no bairro Praia do Canto, em Vitória, resultou na apreensão de um homem e de um adolescente na madrugada desta terça-feira (28). De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos estavam com uma arma de fogo escondida dentro do veículo que usavam.

Os dois suspeitos foram abordados durante a operação e os policiais encontraram a pistola embaixo de um dos bancos do automóvel. O condutor, um homem de 31 anos, foi detido e encaminhado para a Primeira Delegacia Regional de Vitória, junto com o adolescente e a arma apreendida.

fonte: g1.globo.com

Polícia Civil/SC localiza e recupera 114 Kg de dinamite furtados





Caçador – A Polícia Civil, por meio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC) e a Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Caçador, conseguiu, nesta quarta-feira, 29, localizar e recuperar 114 Kg de explosivos, escondidos dentro de um lago, na localidade de Linha Cachoeirinha, em Caçador.

Os explosivos teriam sido furtados no último dia 20 de outubro de uma pedreira. No dia, foram substraídos 200 Kg de dinamite, sendo que na mesma data foram encontrados 100 kg em um mato, próximo à empresa vítima. Após investigações, coordenadas pela Divisão de Roubos e Antissequestro (DRAS) da DEIC com a DIC de Caçador, foi encontrado o restante dos dinamites – distribuídos em vários sacos com as 82 porções de emulsão ("bananas de dinamite").

Os trabalhos investigativos continuam, sobre a identificação dos autores do crime.

“Colabore com a Polícia Civil. Denuncie. Disque 181”.

PF participa de exercício simulado de ameaça de bombas no Paraná

PF participa de exercício simulado de ameaça de bombas no Paraná

Curitiba/PR – A Polícia Federal participou hoje (30) do Exercício Simulado de Ameaça de Bombas (ESAB) no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais.
O exercício - previsto no Programa Nacional de Segurança da Aviação Civil Contra Atos de Interferência Ilícita (PNAVSEC) - é aprovado pelo Decreto nº 7.168/2010, e conta com a participação de instituições públicas e privadas que compõem a comunidade aeroportuária.
Durante o ESAB, a Assessoria de Avaliação de Risco (AAR) composta por membros da segurança aeroportuária,  avalia uma ameaça de bomba para depois decidir sobre o acionamento do Grupo Especializado em Bombas e Explosivos da Polícia Federal (GBE).
O GBE é composto por peritos criminais federais habilitados como explosivistas e especializados em contramedidas, desempenha as atividades de inspeção, identificação e neutralização de artefatos explosivos empregando técnicas e recursos materiais disponíveis. Para isso são utilizados robôs antibombas, aparelho de raios-X portátil, traje antifragmentação e kits de cordas e ganchos.
O ESAB é um exercício revestido de grande relevância, pois, além de característica educativa e de integração da comunidade aeroportuária, permite ao GBE empregar a moderna doutrina em contramedidas adotada pela PF.
Fonte: Comunicação Social da PF no Paraná

Polícia apreende veículo com mais de 700 kg de maconha

Os PMs descobriram que o veículo era um dublê. O carro havia sido roubado em Jau

Segundo a Polícia Militar, os entorpecentes pesaram 774,776 quilosSegundo a Polícia Militar, os entorpecentes pesaram 774,776 quilos
A Polícia Militar Rodoviária apreendeu um veículo Triton amarelo, carregado com mais de 700 quilos de maconha, por volta das 5h30, na esquina das ruas Floriano Peixoto e Santa Teresinha, em Andradina, distante 630 quilômetros de São Paulo.

Policiais militares da 4ª Companhia do 2º Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) faziam fiscalização de combate ao tráfico de drogas, quando viram o veículo e deram sinal de parada ao motorista, que passava próximo ao km 184 da Rodovia Euclides Oliveira Figueiredo (SP- 563).

O condutor não obedeceu a ordem e fugiu, abandonando o veículo em seguida. Durante vistoria ao carro, os policiais encontraram 674 tijolos de maconha dentro do compartimento de carga. Segundo a PM, os entorpecentes pesaram 774,776 quilos.

Após a localização das drogas, a equipe especializada, com o apoio de policiais militares da região, fizeram buscas pelo motorista do automóvel, mas não encontraram o suspeito.

Ainda durante a vistoria ao Triton, os PMs descobriram que o veículo era um dublê. A numeração do chassi estava adulterada, porém, as inscrições do motor permitiram constatar que o carro havia sido roubado em Jaú.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Federal de Araçatuba. O automóvel foi apreendido e o entorpecente encaminhado para perícia.

Paula Vieira, com informações da Polícia Militar

fonte: SSP/SP